anterior    aleatorio / random   autor / author   inicio / home   siguiente / next

        CANTIGA CCCX

Esta [é] loor de Santa Maria.

Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

Ca sempre santivigada
foi des que a fez seu padre
eno corpo de sa madre,
u jouve des pequenyna.
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

E ar foi de Deus amada,
ca sempre fez bõa vida,
e de todo ben comprida
ar foi seendo menynna.
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

E porende saudada
foi do angeo atanto
que lle disso: «Deus o santo
de ti nacerá agynna».
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

E depois ficou prennada
de Deus poderos' e forte,
que por nos prendeu morte
e resorgiu man[n]anya.
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

E con Deus é eixalçada,
e el lle deu tal vertude
que por dar a nos saude
no-la deu por meeza.
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

E poren, Sennor onrrada,
ta mercee en mi seja
que me leves u te veja
daquesta vida mesqa.
Muito per dev' a Reynna
dos ceos seer loada
de nos, ca no mundo nada
foi ben come Fror d'Espynna.

autógrafo

Alfonso X el Sabio


subir   poema aleatorio   Cantigas de Santa María   siguiente / next   anterior / previous
manuscrito Manuscrito Códices del Escorial Mss. 5.982 BNE
partitura / partiture Partitura musical
Video: sh4m69 Canal youtube sh4m69